Oi, gente linda!

Já falamos por aqui sobre as receitas brasileiras mais tradicionais que levam o arroz como ingrediente principal, e entre eles citamos o Maria Isabel. Hoje vamos contar um pouquinho mais da história deste prato e dar a receita para que a gente possa conhecer também seu sabor.

A receita vem do Piauí e é composta basicamente de carne de sol, cebola, pimentão, alho, pimenta-do-reino, coentro e cebolinha verde. Apesar das semelhanças com o Arroz de Carreteiro do Rio Grande do Sul, a teoria é de que o Maria Isabel tenha surgido muito antes da chegada dos colonos gaúchos, possivelmente entre as décadas de 20 e 30.

A lenda de sua origem diz que o arroz Maria Isabel surgiu entre as famílias pobres e numerosas do interior do estado. O prato começou a ser preparado para que as mulheres se alimentassem de carne, pois, na época só os homens a consumiam. Foi então que uma mãe decidiu pegar um pedaço de carne do alforje do marido que ia trabalhar, partiu em cubinhos e cozinhou com arroz para servir a toda a família e decidiu dar o nome das duas filhas ao prato: Maria e Isabel.

INGREDIENTES

• 1/2kg de carne de sol;
• 1/2 xícara (chá) de óleo;
• 1 dente de alho picado;
• 1 cebola picada;
• 1 pimentão picado;
• 8 a 9 xícaras (chá) de água fervendo;
• Cheiro verde (coentro e cebolinha) picado a gosto;
• Pimenta-do-reino moída na hora a gosto (opcional);
• Molho de pimenta a gosto (no liquidificador, bata pimentas dedo de moça, azeitonas sem caroço, extrato de tomate, cebola, alho, azeite, vinagre, páprica, cheiro verde e uma pitada de sal. Quando os ingredientes ficarem bem batidos, passe o molho para um pote fechado e guarde na geladeira);
• Colorau a gosto (opcional);
• Salsinha para finalizar (opcional).

ACOMPANHAMENTO (opcional)
• Ovos estrelados e paçoca de carne de sol

PREPARO

  • Lave a carne e, se necessário, coloque-a de molho para retirar o excesso de sal. Escorra;
  • Corte a carne em cubinhos;
  • Em uma panela, aqueça o óleo, junte a carne, tempere com a pimenta-do-reino e refogue. Incorpore o alho, a cebola e refogue mais um pouco. Acrescente o pimentão, o cheiro verde e o molho de pimenta da vovó;
  • Adicione o arroz, mexa bem, coloque a água fervendo e acrescente o colorau. Se necessário, ajuste o sal;
  • Sirva com folhas de salsinha em cima, se quiser;
  • Se gostar, acompanhe com os ovos e a paçoca;
  • Se preferir, decore com lascas de coco.

 

Veja Mais Receitas


Receita Baião de Dois

Oi, gente linda! Um prato que leva a dupla feijão com arroz não pode ficar de fora de nosso blog. A receita de hoje é o Baião de Dois, um prato que teve origem no nordeste, mais especificamente no Ceará, nos tempos de grandes dificuldades com as secas, quando a comida era escassa e nada […]

Feijão Tropeiro – um prato básico para toda refeição

Oi, gente linda! Quem, como nós, não ama Tropeiro? Então, para ajudar a disseminar todo esse amor, a receita de hoje é o básico, mas muito delicioso Feijão Tropeiro.  Para quem ainda não sabe, este era o prato essencial dos tropeiros,  homens que conduziam o gado por todo o estado de Minas Gerais na metade do […]

Preparo Gohan – Arroz Tradicional Japonês

Oi, gente linda! Agora que não há segredo para ninguém, tá na hora de testar a novidade Arroz Codil Oriental!  A receitinha de hoje é o Gohan. Para quem ainda não conhece, o Gohan não é apenas o filho do Goku de Dragon Ball… O Gohan representa o que há de mais essencial na culinária […]